Notícias

Começou a correria à aposentadoria. Assista as notícias que temos para você

Começou a correria à aposentadoria. Assista as notícias que temos para você

Assista nosso vídeo: https://youtu.be/Gh1GS9-o2F8 

Tem mais gente esperando por mais tempo para ter seus processos analisados. Saiba quais são as saídas para encurtar o caminho.

Metade dos pedidos de aposentadoria que são protocolados todos os dias acabam engrossando a fila dos casos que ficam sem análise. Houve um aumento superior a 75% no número de pedidos de benefícios.

Reforma da previdência

Já estava demorando. Todas as vezes em que a previdência é alvo de alguma reforma, as pessoas que já têm direito à aposentadoria, ou que acham que já tem direito, correm para protocolar.

Nós fizemos vários vídeos para orietnar você. Inscreva-se no nosso canal do Youtube: https://www.youtube.com/user/BocchiAdvogados

Medo de perder direitos

Sempre quando houve mudança, os direitos adquiridos foram assegurados, aliás, tem situações que o trabalhador pode até ganhar com as novas regras. Penso que todos deveriam ficar mais atento e tomar cuidado nesta hora para não ter um benefício baixo para o resto da vida. 

Cliente, agende sua consulta clicando aqui.

O INSS atribui o aumento do número de requerimentos às novas plataformas de acesso ao protocolo pela internet, como o “Meu INSS”. Isso tem ajudado o contribuinte?

Acredito que a Previdência tem alguma razão. O processo eletrônico, ou digital, realmente facilita, mas não do jeito que o INSS está dizendo. Tem muita gente que não está familiarizada com este ambiente virtual.

Em conversa com advogados e especialistas em previdência é unânime o fato de que o cidadão tem dificuldade de formalizar o pedido, mas é mais fácil do que perder tempo no atendimento presencial.

Bom. Seja pela reforma da previdência social ou pela nova forma de atendimento (ou ambos) o fato é que tem mais gente na fila de espera para começar a receber a aposentadoria. O que fazer?

O trabalhador não tem que ficar esperando a boa vontade do INSS para analisar os processos. O prazo é de 45 dias, já disse o STF.

Até poucos meses atrás a orientação era reclamar na Ouvidoria da Previdência. E até dava certo.

Agora não posso dizer o mesmo. Tem muitos casos pendentes de análise. O que o cidadão mais ouve é: seu caso está em análise. E os Servidores da Previdência estão no limite.

A solução pode ser um mandado de segurança na Justiça.

Este processo é rápido? O trabalhador não vai sair de uma fila e entrar em outra?

Não. Neste tipo de processo (Mandado de Segurança) o Juiz não analisa se o beneficiário tem direito ou não. Situação que realmente poderia causar um atraso na decisão judicial. O que o Juiz faz é apenas verificar se a Previdência está atrasada e determina, se este for o caso, que a pessoa responsável pelo processo proceda a análise (concedendo ou negando o benefício). Por isso ele é rápido.