Notícias

Falta de prova de vida não vai bloquear benefícios até o final de janeiro

Falta de prova de vida não vai bloquear benefícios até o final de janeiro

Os beneficiários do INSS que não fizeram a prova de vida entre março e dezembro desse ano não terão seus benefícios bloqueados. A Portaria 1.186, publicada no Diário Oficial da União (DOU), na última segunda-feira (30), prorroga a interrupção do bloqueio de pagamentos de benefícios até o fim de janeiro.

 

Em virtude da pandemia, o prazo já tinha sido prorrogado outras vezes e o último venceu no final de novembro. Ocasião em que foi apresentada esta nova prorrogação.

 

De acordo com a portaria, a rotina e obrigações contratuais estabelecidas entre o INSS e a rede bancária que paga os benefícios permanece e a comprovação da prova de vida deverá ser realizada normalmente pelos bancos.

 

Em situações normais, a prova de vida é feita pelo segurado anualmente para comprovar que ele está vivo e garantir que o benefício continue sendo pago.

 

Para os beneficiários que não puderem ir até às agências bancárias por motivos de doença ou dificuldades de locomoção podem realizar a comprovação de vida por meio de um procurador devidamente cadastrado no INSS.

 

 

Fonte: Site INSS