Notícias

INSS não vai abrir hoje. Decisão judicial proíbe reabertura das agências

INSS não vai abrir hoje. Decisão judicial proíbe reabertura das agências

Estava tudo pronto e anunciado para a reabertura das agências do INSS após várias prorrogações de datas. O órgão segue sem atendimento presencial ao público desde o início das medidas de restrição de contato social por conta da pandemia.

 

Mas com o anúncio da reabertura, os servidores públicos não ficaram satisfeitos, segundo eles, principalmente para falta de segurança para o retorno.

 

Aí fizeram pedido judicial e anúncio de greve. Mas a Justiça acatou o pedido e as agências vão seguir apenas com o atendimento remoto, pelos canais MEU INSS (meu.inss.gov.br) e telefone 135.

 

O recurso do Sindicato dos Servidores do INSS do Estado de São Paulo foi acatado e a decisão foi clara ao dispor também que devem ser suspensas todas as atividades presenciais e não fixou outra data para reabertura das agências. Fica tudo fechado até segunda ordem.

 

O Desembargador que deu a ordem judicial para não reabertura das agências e do atendimento presencial justificou sua decisão baseado na possível exposição dos Servidores e Segurados à contaminação da COVID-19.

 

O Sindicato dos Servidores argumentou que a Previdência não demonstrou que tenha adquirido EPI eficaz para os Servidores, fato que poderia colocar em risco a saúde e a vida não só deles como também dos beneficiários que utilizam os serviços previdenciários.